NOTÍCIAS
Página incial > Notícias > Entrevista com Prof. Markus V Nahas
28/03/2014

Entrevista com Prof. Markus V Nahas

Imagem
A SBAFS lança a Série Perspectiva em Atividade Física e Saúde, que consiste em uma série de entrevistas com pesquisadores, gestores, estudantes e comunidade a fim de apontar caminhos, soluções e posições em relação a diversos temas relacionados a atividade física e saúde.

Para abrir essa série contamos com a contribuição do Prof. Dr. Markus V Nahas, ex-presidente e sócio fundador da SBAFS. Por muitos anos a frente do Núcleo de Pesquisa em Atividade Física e Saúde, na Universidade Federal de Santa catarina, o Prof. Markus tornou-se referência internacional da área e contribuiu de maneira ímpar ao desenvolvimento da área no Brasil.


SBAFS - Quais as expectativas em relação ao evento internacional do Rio de Janeiro, já que será a primeira vez que o Brasil sediará um evento deste porte na área de atividade física e saúde?


Prof. Markus - A realização do V Congresso Internacional no Rio de Janeiro confirma a consolidação da área de atividade física e saúde no Brasil. Com uma história relativamente recente (estamos apenas na terceira geração de pesquisadores nesta área), a inserção e a visibilidade internacional fizeram com que as lideranças mundiais passassem a reconhecer o trabalho qualificado de nossos pesquisadores.

Espera-se que o evento demonstre a devida dimensão dos problemas investigados na área e que começam a ser levados a sério pelas autoridades de saúde em nosso país frente aos desafios decorrentes da crescente onda de obesidade e doenças crônicas associadas ao estilo de vida sedentário e à inatividade física desde a infância.

A participação de novos pesquisadores, estudantes de graduação e pós-graduação num evento deste porte pode despertar o interesse e fazer crescer (e qualificar) o trabalho acadêmico na área da atividade física relacionada à saúde.

SBAFS - Na sua opinião quais são os desafios da Sociedade Brasileira de Atividade Física e Saúde para os próximos anos?
Prof. Markus - Nos próximos anos, a Sociedade Brasileira de Atividade Física e Saúde deverá consolidar sua estrutura e iniciativas de sucesso (revista, congresso, intercâmbio internacional), ampliar o quadro de associados, congregando estudantes, pesquisadores e grupos de pesquisa em torno de temas emergentes e relevantes dessa área, expandir seu grupo para além das lideranças conhecidas e, de forma destacada, participar das decisões sobre projetos e programas que envolvam a promoção da atividade física em todos os contextos. A realização de eventos regionais (desde seu início uma aspiração da SBAFS) também deve ser implementada com urgência.

SBAFS - Qual deve ser a relação da Sociedade Brasileira de Atividade Física com os profissionais de Educação Física e outras áreas interessadas no campo da Atividade Física e saúde?
Prof. Markus - Ainda que o interesse pela relação atividade física e saúde tenha um caráter interdisciplinar, é pela ação dos profissionais de Educação Física que se concretizam seus projetos e programas. A atividade física deve ser entendida como uma das características do estilo de vida das pessoas com estreita e importante relação com a saúde e a qualidade de vida em todas as fases da vida.

Cabe aos profissionais de Educação Física buscar a competência necessária para atuar em grupos multiprofissionais de saúde, de forma que sua prática seja cada vez mais baseada em evidências e com maiores chances de efetividade.

Diferentemente do que ocorre em outros países, no Brasil a Educação Física tem uma estrutura e um reconhecimento acadêmico-profissional diferenciado (é reconhecida não apenas como uma disciplina escolar, mas como uma área do conhecimento que estuda a atividade física do ser humano e uma profissão regulamentada). É preciso que esse contexto favorável seja aproveitado para bem formar os profissionais e pesquisadores, buscando o reconhecimento social e acadêmico necessários para a consolidação da Educação Física em nosso país.